Coinfra, Crea e Abenc constatam falta de manutenção em pontes da Serra

Deputados estaduais membros da Comissão de Infraestrutura da Assembleia Legislativa (Coinfra) e engenheiros do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea) e da Associação Brasileira dos Engenheiros Civis (Abenc) estiveram, na manhã de hoje (18), em duas pontes localizadas na Serra, na Ponte de Jacaraípe e na Floriano Borges, que liga Nova Almeida a Praia Grande, já no município de Fundão.

Diante do que foi encontrado, o presidente da Coinfra, o deputado estadual e vice-presidente da Assembleia, Marcelo Santos apontou que falta manutenção nas construções do Estado. “Estamos dando o primeiro passo de fiscalização, quando detectamos que as pontes carecem de manutenção, algo presente em quase todas as obras do Estado”, constatou.

Também membro da Coinfra e morador da Serra, o deputado estadual Alexandre Xambinho chamou a atenção da importância das duas pontes para o município, fazendo com que a comunidade o procurasse para denunciar a situação das pontes. “Através de demandas que recebemos em nosso gabinete e também da própria imprensa fizemos essa solicitação ao Crea e a Abenc, ficando evidente a carência de manutenção. Com o laudo dos engenheiros, vamos provocar os órgãos competentes para que façam a manutenção dessas importantes pontes”, comentou.

O vice-presidente da Abenc-ES, Jaime Veiga, se diz preocupado com a ausência de ações preventivas nas pontes. “Verificamos a perda de cessão de concreto, armadura exposta em adiantado estado de corrosão, suporte da tubulação de água da Cesan em estado adiantadíssimo de corrosão, a própria tubulação, ou seja, problemas que tem que ser tratados com uma certa urgência para evitar problemas maiores. Em estado geral, a Ponte de Nova Almeida está melhor que a de Jacaraipe, mas requer que se tome cuidado para evitar que ela chegue num estado de degradação muito ruim”, alertou o engenheiro.

As ações preventivas são essenciais para garantir a segurança do cidadão e é o alvo do Crea, segundo sua presidente, Lúcia Vilarinho. “O que vimos hoje não é algo tão preocupante, mas temos que ter cuidado e não podemos esperar que aconteça um desastre ou uma tragédia para que tomemos alguma atitude. O Crea tem esse papel de estar alertando aos governantes da importância dessa manutenção”, disse.

Legislação
Marcelo Santos, presidente do colegiado de Infraestrutura da Assembleia, adiantou que a Comissão, em parceria com o Crea e a Abenc, vai iniciar um debate com o governo do Estado para propor uma nova legislação.

“Nós estamos estudando, e vamos debater isso juntamente com o Crea, a Abenc e o governo do Estado, sobre a construção de uma nova legislação que obrigue, a partir da construção da obra, que se tenha previsão orçamentária e um planejamento de manutenção devida. Nenhuma obra nova, a partir desse novo texto, vai deixar de receber manutenção. A falta de manutenção é o problema enfrentado pelo Estado, não garantindo a segurança das obras”, explicou o parlamentar.

Assessoria de comunicação

Data de Publicação: segunda-feira, 18 de março de 2019

LEIA MAIS...

Revisa Ales: Projeto vai revogar mais de 1.500 leis orçamentárias
Direito do consumidor é umas das preocupações de Marcelo Santos na Assembleia
Marcelo Santos quer reserva de vagas para negros e indígenas em concursos públicos